segunda-feira, 31 de julho de 2017

Wedding Day | Cellebrating love in a red dress

Se há coisa que me deixa feliz, é ver as pessoas que me são importantes felizes.

Foi isso que aconteceu sábado passado quando uma das minhas amigas de infância casou.
E como casamento significa vestidos bonitos e cabelos arranjados, hoje mostro-vos aquilo que vesti para celebrar o amor.

Aproveitei o facto de ter um vestido comprido que já tinha usado noutros dois casamentos distintos e de "lados" da minha vida diferentes e voltei a usá-lo. 
Mas este vestido, além de eu gostar dele, desde a primeira vez que o usei que tinha problemas. Começou por não ficar bem na zona do peito. Sentia que tinha demasiado tecido e ao longo do tempo que o usei foi alargando ainda mais. Por isso, para que me sentisse bem com ele, foi ajustado no atelier By Dora Guimarães e desta vez sim, estava como queria. Justo no peito e sem excedentes de tecido. 


Wedding


Wedding


Wedding


Wedding



E como em equipa que ganha não se mexe, voltei a calçar as sandálias que uso sempre nestas ocasiões de festa. São também da marca By Dora Guimarães e posso dizer-vos que desde que as tenho são sempre a minha opção. Porquê? Porque além de lindas e bastante altas - o que nos faz mais elegantes - são super confortáveis, aguento estar com elas o dia todo e ainda consigo saltar e dançar com elas. 


Wedding


Wedding


Wedding



O cabelo ficou a cargo da minha cabeleireira e amiga de sempre. Optei por uma trança lateral com um ar mais descontraído. Confesso que andei um bocado perdida em relação ao cabelo, porque sempre que visto este vestido acabo por usar cabelo completamente preso. Mas desta vez dei uma olhadela nas inspirações do facebook do Espelho Meu e pronto. 


Wedding



As unhas foram super simples para que o vestido brilhasse por si só. 
Quanto à maquilhagem, ficou a meu cargo. Optei por um esfumado em tons de dourado e castanho e por uma pele bem iluminada. 

Foi um dia muito feliz. Ver uma amiga tão especial realizar um dos seus sonhos foi muito emocionante. E por falar em emoção, sinto que estou a ficar velha quando agora me emociono em todos os casamentos.